APOIO:

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Kom igen Løverne! #2 Sonho da Champions e final de temporada. (FM 2008)


Depois da heroica e histórica classificação na fase de grupos da Champions, os comandados de Larsen esperavam o adversário das oitavas. Depois do sorteio, ficou decidido que o Copenhagen enfrentaria o VILLAREAL, mais um grande time no caminho dos Leões.

Ainda antes do final do ano (2008), Larsen teve uma baixa em seu elenco. O zagueiro nigeriano Isaac Okoronkwo pediu para rescindir seu contrato, com isso, o treinador teve que ir ao mercado em busca de um zagueiro. A opção que Larsen encontrou foi o finlandês VILI SAVOLAINEN do HJK Helsink, o zagueiro foi contratado por R$1,5 milhões.

Por conta do curto calendário Dinamarquês, após o jogo contra a Lazio, a equipe iria ficar um longo tempo sem jogos, por isso, dois amistosos aconteceram para que não perdessem o ritmo de jogo. Vitórias fáceis contra FC Fredericia (5x0) e Slagelse (2x0). Agora era concentrar e se preparar para as batalhas das oitavas.

No primeiro jogo, na Espanha, os Leões não começaram bem. O Villareal foi pra cima e abriu 2x0 com 15 minutos, o que deixou a equipe de Larsen meio perdida. Ao fim do primeiro tempo, uma conversa e mudanças fez o time voltar mais ligado e organizado e aos 15 minutos, o artilheiro Ääritalo diminuiu o placar, dando uma grande esperança aos dinamarqueses. No segundo jogo, o Estádio Parken estava lotado, uma grande festa e entusiasmo dos torcedores. Mas a empolgação virou apreensão quando aos 38 minutos, Nihat aproveitou a sobra e fez 1x0 Villareal. Com isso, o Copenhagen precisava de 3 gols para classificar mas, mesmo com muita pressão, bola na trave, o clube fez apenas um gol com Mikkel Thygesen, aos 11 do segundo tempo e foi isso, acabava ali o sonho do Copenhagen. Larsen e seus comandados fizeram,história e a torcida reconheceu aplaudindo à todos no final da partida. O foco agora era a DBU Pokalen e a Alka Super Liga.

Depois da eliminação na Champions o jogo era pelas quartas de finais da DBU Pokalen, vitória fácil contra o Nordsjœlland por 3x0.

Os três próximos jogos foram pela Alka. Vitória em casa contra o Viborg, empate fora contra o AGF e outra vitória no Parken contra o Randers. Na semi final da DBU Pokalen, a disputa era contra o Viborg. Dois jogos, o primeiro no Estádio Viborg. Jogo difícil, vitória apertada por 3x2 do Copenhagen. Antes do segundo jogo, algo que poderia abalar o time: derrota p/ o Silkeborg por 2x1 fora de casa pela Alka Super Liga. A preparação para a volta da semi foi forte, Larsen estava focado em ganhar tudo! O jogo foi bastante difícil, o Viborg teve oportunidades de fazer gols mas esbarravam no goleiro Christiansen. Aos 45 do segundo tempo, o balde de água fria no Viborg. Ääritalo marcou e selou a classificação do Copenhagen para a Final da DBU Pokalen! Antes da final, 3 jogos difíceis contra Midtjylland (V 3x0), Aalborg (E 3x3) e Odense (E 1x1).

A final era contra o rival Brøndby que não vinha bem na Alka, por conta disso queriam muito o título da DBU. O Copenhagen dominou o jogo por completo, não dando chances pro adversário porém, a vitória foi magra, 1x0 gol de pênalti de Leon Andreasen. Foram dois pênaltis seguidos e um perdido. Coisa de louco! Larsen ganhava seu primeiro título como treinador!

Na Alka Super Liga foi só administrar, com sequências de vitórias e tropeços do Aalborg, o time se sagrou campeão com 2 rodadas de antecedência. Era a dobradinha de Larsen e seus comandados!

Os destaques da temporada foram: Ääritalo, artilheiro do time com 26 gols; César Santin, líder em assistências com 20; e com a melhor média, Leon Andreasen com 7.39.

FC Copenhagen: CALENDÁRIO|DADOS DO TIME

0 comentários:

Postar um comentário

 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.©| BEIRA DE CAMPO. Editado por: Pedro Silva